Comunicado IEMAS

26/Jan

Queridos Pais e/ou Responsáveis,
Findamos 2020, um ano letivo desafiador para o IEMAS, as famílias e os alunos, mas saímos mais fortalecidos e cientes de que as mudanças implementadas no ensino, neste período, transformaram a educação para sempre.


É com esse olhar para o futuro que afirmamos que estamos com nossa estrutura física e nossa equipe preparadas para acolher os alunos, seja em qual formato - online, híbrido ou presencial – as autoridades legais definirem para o ano letivo.

Dentre as atitudes tomadas, estão a realização de treinamento com todos os colaboradores quanto às normas e procedimentos, reorganização das salas e demais espaços para que o distanciamento obrigatório entre alunos seja possível, sinalização dos ambientes conforme a legislação e compra de uma quantidade significativa de materiais de higienização, tais como álcool em gel e máscaras, para uso da equipe IEMAS.


Programamos, para os próximos dias, uma jornada pedagógica (obedecendo os protocolos exigidos), a fim de aprofundar debates e reflexões a respeito das mudanças na educação e também para aprimorar os recursos pedagógicos a serem utilizados para que possamos corrigir erros anteriores, sinalizados pelos pais e/ou coordenadores.

Enquanto os órgãos competentes não definem como será a modalidade de ensino em 2021, seguiremos com as aulas remotas de acordo com nosso calendário escolar, com data de início estabelecida para 08 de fevereiro de 2021. Realizaremos em breve, com vocês, reuniões de abertura do ano letivo, cujos horários e datas específicas de cada turma serão informados posteriormente.


Contudo, é importante salientar que o Instituto de Educação Maria Salomé tem solicitado insistentemente uma resposta do Governo local sobre modalidade de ensino, especificações de dias (no caso do híbrido) e demais informações acerca do funcionamento escolar. Como parte da AVESB (Associação de Valorização da Educação do Sudoeste Baiano), solicitamos uma reunião urgente com o comitê de crise, também protocolamos individualmente junto à prefeitura dois documentos: abaixo assinado dos pais solicitando aula presencial e documento da Associação Baiana de Pediatria exigindo retorno presencial das aulas.

Nós da Escola Maria Salomé reiteramos o nosso compromisso com a educação de qualidade e salientamos que, para nós, lugar de criança é na escola, por isso não estamos medindo esforços para que isto ocorra o mais breve possível.

Abraços sinceros,
Direção IEMAS.


Compartilhe: